b1

Feirenses presas na Tailândia ficaram isoladas em presídio por 2 semanas, diz site

Por Redação em 01/07/2022 às 14:17:16
As duas irmãs feirenses presas na Tailândia por suspeita de tráfico internacional de drogas (ver aqui) passaram duas semanas isoladas em um presídio. Samara Taxma Chalegre Muritiba e Daiana Chalegre Muritiba foram flagradas no país asiático com cocaína. Elas foram detidas no dia 13 de junho. Segundo o G1, as acusadas ficaram inicialmente em uma área isolada como medida de prevenção à Covid-19.

Ao site, a advogada Kaelly Cavoli Miranda, que defende as jovens, disse que tentará provar que elas podem ter sido enganadas e não têm ligação com atos ilícitos. Um advogado tailandês já foi contratado para defender as suspeitas. Junto com as duas mulheres também foi preso José Paim das Virgens Filho.

Até o momento não há informações sobre a defesa do acusado. Ainda não se sabe a quantidade de drogas encontrada com as feirenses. A advogada informou que as informações disponíveis do caso foram passadas pela embaixada brasileira na Tailândia.

Samara é dona de uma clínica estética e Daiana é proprietária de uma loja de roupas em Feira de Santana. Ambas têm uma filha. Não informado também se elas estavam a passeio na Tailândia.

Comunicar erro
b2

Comentários

b3